Quatro alimentos que ajudam a perder peso

Preocupada com os excessos da Páscoa? Relaxe! A nutricionista das famosas, Andrea Santa Rosa, ensina novos hábitos e revela o que você deve comer para eliminar gordurinhas e toxinas.

Frutas cítricas para dissipar a gordura

“O limão, a laranja e o grapefruit são frutas ricas em monoterpenos, pequenas moléculas que conseguem penetrar com mais facilidade em todos os tecidos e células do nosso corpo. Elas possuem uma poderosa ação solvente de lipídios, o que ajuda a eliminar as tão temidas gordurinhas localizadas”, afirma Santa Rosa. Quer prorrogar o efeito? “Evite pular refeições. O jejum prolongado aumenta os níveis circulantes de insulina pós-prandial (após as refeições) e colabora para o aumento da glicemia e da gordura abdominal, além de ser um dos maiores fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes”, diz.

Saúde nota dez 

“Experimente acrescentar o alho em todas as suas refeições. Uma pequena quantidade, como tempero, já ajuda a manter o organismo funcionando melhor. Isso porque seus compostos organossulfurados inibem a ação mutagênica das células, ou seja, ajudam a manter o funcionamento saudável”, diz.

O poder do chá- verde 

“Rico em catequinas, um composto ativo da erva que possui efeito antioxidante, o chá é anti-inflamatório e diurético. Ele ajuda a transformar elementos tóxicos em substâncias hidrossolúveis, facilitando a saída do organismo, seja pelo suor, seja pela urina. Evite o consumo à noite, pois a alta quantidade de cafeína pode tirar o sono. Beber 3 litros de água por dia é outro hábito fundamental para quem quer desinchar, já que a hidratação das células evita o acúmulo de gordura”, diz.

Limpeza do corpo 

“A couve talvez seja um dos alimentos mais benéficos a nossa saúde. A alta concentração de clorofila faz uma verdadeira varredura no fígado, órgão responsável por metabolizar tudo que entra no nosso corpo. É pelo potencial de eliminar todas as toxinas que os sucos detox ficaram tão famosos. Outros alimentos comuns no nosso dia a dia reforçam esse efeito, caso do repolho, do agrião, da rúcula e da mostarda”, afirma

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s