Dicas de três experts para bombar o feed do seu Instagram

Quer dar um up no visual do seu feed? A it girl Bia Perotti, a designer gráfica Clara Paiva e o fotógrafo Flávio Teperman ensinam seus truques infalíveis

Com a chegada de super smartphones e da paixão mundial pelo Instagram, fotografar se tornou hobby de muita gente. No entanto, não é só o click que garante uma foto bonita – quem dirá os likes. Um conhecimento básico em fotografia e design podem fazer muita diferença no conjunto da obra. Sabendo disso, o fotógrafo Flavio Teperman e a designer gráfica Clara Paiva tiveram a ideia de criar o workshop Photo Salon, voltado para quem quer dar um up nas fotos das redes sociais e até desenvolver uma identidade visual mais elaborada.

Divulgação Divulgação

À ESTILO o trio deu algumas dicas e truques para dar aquela bombada no feed do Instagram:

Luz

Bia Perotti: A luz natural é sempre a melhor pedida. A pele fica boa e ganha um glow natural. Difícil explicar, mas funciona muito! Outra dica é nunca se posicionar embaixo de uma luz artificial direta, pois ela pode fazer sombra e criar olheiras. Flávio

Teperman: Sempre que possível, evite o contra luz. Ou seja, descubra de onde vem a luz e fotografe no mesmo sentido, tomando cuidado para não deixar sua sombra aparecer. Se estiver escuro e você for usar o flash, um bom truque para não ficar estourado é iluminar as pessoas ou o objeto com a lanterna de um segundo celular.

Clara: Se não tiver luz natural, você pode se deparar com a luz “branca” e amarela. A primeira tem tonalidades variadas e é mais neutra, mas geralmente deixa o tom de pele mais esverdeado. Já a segunda deixa a foto mais quente, num clima mais aconchegante, porém é mais colorida que a branca e, por isso, altera mais as cores do que está em cena.

Divulgação Divulgação

Selfies

Bia Perotti: É preciso ter um balanço de fotos suas (estilo selfie ou look) com conteúdo que você produz e imagens inspiracionais. Não pode ser sempre o mesmo estilo, ângulo ou tema de foto. Fica cansativo!

Clara Paiva: Para acertar no ângulo, jamais tire a foto debaixo. Basta fazer o teste para entender o porquê! As pessoas não possuem rostos simétricos, por isso um lado é inevitavelmente melhor que o outro. As mulheres gostam de se fotografar um pouco “de cima”, pois este ângulo afina o rosto, ressalta as maçãs e destaca os olhos.

Flávio Teperman: Se você estiver em um lugar escuro e quiser usar o flash, a dica é nunca iluminar debaixo ou de cima para não criar sombras indesejadas. De frente você garante menos marcas no rosto e, de lado, o resultado ganha volumetria, sem necessariamente apresentarem rugas e olheiras.

Divulgação Divulgação

Filtros

Flávio Teperman: Os filtros vão atuar de maneira diferente sobre cada imagem. O motivo disso é porque eles alteram as cores das fotos, ou seja, um filtro que fica bacana em uma foto tirada num dia de sol pode não funcionar tão bem para uma clicada num dia cinzento. Por isso, não tem jeito, é importante testar praticamente todos na hora de aplicá-los.

Clara: Desvendando os filtros do Instagram, o Clarendon é a pedida para deixar a foto mais clara. O Rise e o Sierra deixam com aquela cara de foto antiga, quase sépia. O Hudson leva mais pro magenta e, o Nashville, para o azul. O Lofi puxa bastante o contraste. Mas, se quiser dar um ar mais lúdico à foto, o Gingham e o Reyes podem ser bons aliados pois atenuam as cores fortes. No entanto, quanto mais filtros você usar, mais “fake” o resultado pode ficar. Nesse caso, mexer nas demais ferramentas, como temperatura, claridade, saturação, etc, pode ser a solução.

Bia Perotti: Gosto de sempre usar o mesmo filtro para ter uma unidade quando visualizamos o feed em fotos mini. Fica lindo! Agora, falando em um filtro de outro tipo, acredito que é preciso ter cuidado com um excesso. Eu deixo de seguir quem sempre posta imagens que lembram banners promocionais ou quem sempre posta produto ou fotos mal produzidas. O insta é para inspirar, ter fotos que encham os olhos.

Aplicativos

Flávio Teperman: “O VSCO Cam é bem popular. Oferece filtros bem diferentes dos do instagram, menos “exagerados” e de mais bom gosto. Além disso, as ferramentas de tratamento são super boas. E nele você pode alinhar retas, o que é ótimo para fotos de decoração e arquitetura. Já para usar o Photoshop Express você precisa ser cadastrado na Adobe, mas vale muito a pena. Além de terem vários filtros bem legais, os ajustes são bem completos. Você pode reduzir ruídos de uma foto escura, por exemplo.

Clara: O Beautiful Mess é pago, mas possui assets (estampas, frames…) fofos que podem dar um tapa num post mais sem graça. O Instablend permite que você “mescle” duas fotos, ou seja, sobreponha uma sobre a outra para criar uma terceira imagem. É uma pegada mais artística, que pode gerar coisas bem bacanas se for bem usada.

Bia Perotti: Uso o Afterlight ou VSCO Cam para filtros (adoro as várias opções e os tons) e o Facetune para corrigir algumas coisas quando necessário, como suavizar ruguinhas, espinhas etc.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s