Sua quantidade de posts pode revelar como está sua saúde mental

Um estudo das universidades de Harvard e Vermont revelou que a frequência e o tipo de postagem no Instagram está diretamente ligado ao seu estado mental.

Mesmo que não gostemos de abordar o assunto, passar muito tempo conectado às redes sociais pode ser prejudicial para nossa saúde mental. Todos aqueles posts fazendo yoga na praia e discussões sem propósito no Twitter conseguem fazer as pessoas se sentirem piores em relação a si mesmos e até em relação à humanidade.

De acordo com um novo estudo, a ligação entre nossa atividade nas redes sociais e a saúde mental é uma via de mão dupla: a frequência que você posta no Instagram pode ser uma indicação de seu estado psicológico.

Cientistas das universidades de Harvard e de Vermont criaram um programa de computador que reconhece pessoas com depressão por estudar a frequência de suas postagens no Instagram e os tipos de fotos que compartilham. Analisando a plataforma e o comportamento de pessoas com problemas psicológicos, é possível identificar como esses indivíduos usam a rede social.

O estudo descobriu que usuários com depressão postam com maior frequência e tendem a compartilhar um número maior de fotos que contêm rostos, mas não usam tanto os filtros do app. No entanto, nas raras vezes em que usam esse artifício, as imagens ficam com uma paleta de cores mais escura.

O estudo foi feito com 166 contas do Instagram e 43.950 fotos e identificou corretamente pessoas com depressão em 70% das vezes. É importante também perceber que essa quantidade é relativamente pequena e não quer dizer que as análises podem ser aplicadas corretamente para todos.

Christopher Danforth, coautor do estudo da Universidade de Vermont, também contou ao BuzzFeed que os pesquisadores ainda não criaram um teste sobre isso, algo que poderia ajudar na interpretação destes pequenos sinais e, consequentemente, no diagnóstico da pessoa.

Ele ainda disse que o sistema ajudaria profissionais da área de saúde a identificar pessoas com risco de terem problemas psicológicos.

“Imaginem um aplicativo no seu smartphone que avise seu médico para fazer um check-up quando seu comportamento mudar para pior, provavelmente antes mesmo de você perceber que aquilo é um problema”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s