Viola Davis: “passei fome na infância e tive vergonha disso”

Ganhadora de um Oscar, a atriz fala sobre a ONG Hunger Is, que luta contra isso.

“Vivemos tempos em que as pessoas não compartilham mais acontecimentos negativos. O que vemos em redes sociais é que todos parecem ter o melhor casamento, os filhos mais bacanas ou as melhores fotos. Qualquer história que não seja tão incrível, guardamos para nós mesmos. Essa história, para mim, é a de uma infância inteira sofrendo por passar fome. Tive vergonha disso por muito tempo e não tocava no assunto. Alguns anos atrás, porém, a The Entertainment Industry Foundation, organização norte-americana que mobiliza celebridades para dar visibilidade a causas sociais, me convidou para falar sobre fome na infância numa convenção na Califórnia para 3 mil pessoas. O acordo era que eu falasse por 15 minutos e, em troca, eles doariam 100 mil dólares à instituição de caridade que eu escolhesse. Eles não sabiam à época, mas eu tinha uma arma secreta: ia expor a minha própria experiência como uma criança que passou fome. Depois que decidi falar, inúmeras pessoas se aproximaram de mim com histórias parecidas – e nem todas se encontravam abaixo da linha de pobreza. Não sabia que muitos vivem em uma situação de “pobreza alimentar” – que se caracteriza quando, depois de pagar todas as contas, não há dinheiro para comer. A alimentação básica, no entanto, é uma necessidade de todos, e é por isso que a Hunger Is, da qual sou embaixadora, luta. Uma de nossas campanhas oferece café da manhã a estudantes que precisam e isso ameniza certos estigmas.

Quando as crianças não vão bem na escola, não há, necessariamente, algo errado com elas. Mesmo com todo o potencial do mundo, se estiverem com fome, não vão conseguir ter foco. Simples assim. Meu marido e eu dizemos sempre a nossa filha, Genesis, 6 anos, para ser grata por cada pedaço de comida porque nós crescemos em casas sem nada para comer. Queremos que ela aprecie o fato de que toma café da manhã e saiba que isso é um presente.

Se você quiser ajudar a Hunger Is, é só entrar no site da ONG. Lá, você pode doar dinheiro ou procurar programas de doação de alimentos nos locais de atuação (nos EUA) e aliar-se a eles com doações de comida. A fome, afinal, é totalmente contornável. Mais difícil é combater o câncer e doenças cardíacas.”

– Depoimento a Christiana Shanahan

Em números

  • 1 em cada 5 crianças dos EUA vivem sem acesso regular à comida.
  • 22 milhões de estudantes norte-americanos dependem de merenda para se alimentar.
  • 5 milhões de cafés da manhã serão servidos pela Hunger Is em 2017.

Acesse hungeris.org e conheça mais da organização e da atuação de Viola Davis junto a ela.

Assine a Newsletter da ESTILO e receba as nossas notícias inbox! ❤

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s