5 perfis de influenciadores africanos para seguir no Instagram

Os países do continente africano estão se destacando em diferentes frentes culturais.

Ao mesmo tempo em que vivemos em um mundo cada vez mais globalizado, ainda somos diretamente influenciados por culturas ocidentais tradicionais.

Porém, culturas antes consideradas ‘secundárias’ estão ganhando cada vez mais atenção e se tornando grandes influenciadores. Um exemplo disso é a África, região política e culturalmente diversa com um potencial econômico enorme. A África também abriga a maior população jovem do mundo, o que fará do continente uma das maiores referências sociais e culturais do futuro.

Os países africanos estão se destacando em diferentes frentes culturais – muito além da famosa cena cultural e musical presente em todo o continente. Na Nigéria, por exemplo, a indústria cinematográfica, também conhecida como Nollywood, já é a segunda indústria que mais emprega no país. O Quênia e toda a região Leste estão se destacando através de fotógrafos, arquitetura e, claro, moda – com o mercado de luxo e o de moda sustentável crescendo em importância cada vez mais.

Destacamos aqui cinco dos Instagrams mais inspiradores de africanos em diferentes países:

2ManySiblings

when we first started… 2manysiblings est.'13 #2manysiblings #nairobi #africa #nostalgia

A post shared by 2manysiblings (@2manysiblings) on

É um Instagram e plataforma, desenvolvida pelos quenianos criativos Oliver Asike e Velma Rossa, que mistura referências incríveis de moda, arte e música. Lançado em 2013, o 2ManySiblings nasceu do desejo mútuo dos dois de documentarem seus estilos de vida e seu amor por moda. O conteúdo é criado em parceria com fotógrafos e designers africanos talentosos.

Laetia KY

A Instagrammer da Costa do Marfim Laetitia KY tem feito sucesso na rede social com seus penteados elaborados. Inspirada nos penteados usados por tribos africanas, ela trança seus cabelos com tecidos locais, além de esculpi-los em formatos divertidos como orelhas de coelho, mãozinhas e outras formas criativas.

Siphokazi Veti

Autora, feminista e ativista, Siphokazi divulga ideias de bem-estar emocional e auto aceitação. Além de relatar sobre o que significa ser uma mulher negra na África do Sul, seus textos inspiradores pretendem encorajar meninas de gerações mais jovens sobre “body positivity”, bravura emocional e ativismo.

Lady Skoille

🌿 A @iamchydenius abstract jungle backdrop 🌱

A post shared by Lady Skollie (@ladyskollie) on

Residente de Joanesburgo, África do Sul, Lady Skoille expressa sua identidade e sexualidade através de sua arte. Trabalhando com tinta, aquarela e giz de cera, suas pinturas vívidas exploram um lado obscuro do erotismo. Além de divulgar a sexualidade feminina como algo positivo, ela também é uma ativista do movimento de autoaceitação.

Tony Gum

Nomeada uma das mulheres mais cool de Cape Town, Tony Gum é uma fotógrafa e artista bem conhecida por retrabalhar marcas clássicas, sempre reimaginando identidades com um novo olhar. Suas inspirações incluem o cineasta Wes Anderson, a estética desbotada de filmes antigos e fragmentos de sonhos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s