8 ilustradores de moda para seguir já no Instagram

Simplesmente apaixonadas pelos traços destes artistas da moda.

Malika Favre

O minimalismo da francesa baseada em Londres é uma mistura de Pop Art com OpArt. Seu estilo inconfundível é uma lição impressionante do uso do espaço e de cor entre positivo e negativo. 

Happy tuesday! Illustration created for Papyrus greeting cards #insta

A post shared by Malika Favre (@malikafavre) on

Gill Button

Em pequenas telas publicadas uma vez ao dia, a artista esboça seu olhar sobre a alta moda por meio da pintura a óleo e em aquarela, criando uma profusão de cores, texturas e estampas, além de maquiar os olhos super expressivos de suas personagens.

💋💋💋 #TheArtofOverdressing #debijenkorf

A post shared by GiLL BUTTON (@buttonfruit) on

Frida Wannerberger

Com uma precisão delicada, a sueca, baseada em Londres, desenha garotas que conhece ou que gostaria de ser, e inventa histórias para cada uma para capturar a essência de suas roupas. Usa lápis, tinta acrílica e aquarela para criar suas ilustrações sutis e distorcidas.

Amelie Hegardt

Os desenhos em aquarela e giz pastel e os sombreados e linhas suaves da sueca a tornaram um nome proeminente no nicho da moda. Com emoção, humor e sexualidade, sua ilustração tem um quê de intimista.

Richard Haines

O ilustrador de moda americano tem um traço fascinante, cheio de vida e um senso de jovialidade e frescor. Com um olhar atento para detalhes de forma, tecido e caimento, seus desenhos são feitos em lápis carvão, giz pastel, lápis de cor e tinta acrílica.

Today's Mood: ☔️

Uma publicação compartilhada por Richard Haines (@richard_haines) em

Cecilia Carlstedt

Baseada em Estocolmo, suas ilustrações com alta carga de experimentação são feitas a lápis ou nanquim junto a outras técnicas como serigrafia e colagem. O resultado é um trabalho eclético: às vezes mais abstrato e sensorial, às vezes mais literal e estilizado, mas sempre refletindo uma essência de moda e uma apreciação pela figura feminina.

Regram from @anyahindmarch where I reimagined the Flip Bathurst bag 〰#anyaillustration #fashionillustration #collage

A post shared by Cecilia Carlstedt Illustrator (@cecilia_carlstedt) on

Manjit Thapp

A novata tem uma estética mais pop, equilibrando cor e forma, muitas vezes com diversas camadas gráficas. Com referências de livros infantis, filmes e quadrinho, suas ilustrações de desfiles transpiram moda e podem ser aplicadas em acessórios, capas de celular e até adesivos.

@monsemaison SS '17 ✨

A post shared by Manjit (@manjitthapp) on

Poppy Waddilove

A britância apropria-se de influências diversas: dos retratos de moda dos anos 1940 e 50 à cultura japonesa e filmes de Alfred Hitchcock. Com uma elegância clássica, às vezes até simplista, suas interpretações de looks de desfiles sempre trazem um estalo de cores e evidenciam o movimento do corpo feminino.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s