Vestidos transparentes e bordados são tendência absoluta na moda

Os vestidos longos e transparentes estão nas coleções especiais de marcas como Dior e Louis Vuitton e nas redes varejistas como Mango e Zara.

No modelo tradicional dos desfiles, uma coleção é apresentada cerca de um ano antes da temporada. Ou seja, os desfiles Resort acontecendo hoje, só chegarão nas lojas de fato em Março do ano que vem. Apesar desse modelo estar mudando como “see now, buy now”, parte da indústria que o defende diz que esse tempo é necessário para que nós, consumidores, possamos assimilar, entender e então desejar as tendências desfiladas com antecedência.

Christian Dior

Christian Dior (Dior/WGSN)

Porém, cada vez mais vemos algumas tendências de moda que mal saem das passarelas de desfile e já parecem dominar as vitrines e araras nas mais diversas lojas. Isso se dá, principalmente, devido a força das mídias sociais – onde as peças são postadas inúmeras vezes, fazendo com o que o tempo de assimilação da tendência fique mais curto -, e pela velocidade de produção da indústria fast fashion.

Mango

Mango (Mango/Divulgação)

É o caso dos vestidos transparentes e bordados. Apesar de já ter aparecido nos desfiles de Inverno 2018 da Dior – vestidos de tule bordados da estilista Maria Grazia Chiuri – que fizeram muito sucesso entre celebridades – a tendência está ganhando mais força nos recém desfilados desfiles Resort 2018 da Dior e da Louis Vuitton. Os vestidos são feitos de materiais super transparentes, e seus shapes delicados ficam ainda mais femininos com a aplicação de bordados florais espalhados na peça. Para a sua coleção, o estilista da Louis Vuitton, Nicolas Ghesquière, escolheu bordados e aplicações de metal, deixando a peça um pouco menos delicada, e com um toque místico – que mostram a diversidade dessa peça.

Louis Vuitton

Louis Vuitton (Louis Vuitton/WGSN)

A tendência foi pontualmente vista durante o festival de música Coachella, normalmente usada por cima de biquínis ou até de calças jeans. Ela também já começou a aparecer em varejistas como Mango e Zara, mas deve ser no alto verão do hemisfério norte que ela dominará as prateleiras em versões de comprimento maxi.

Coachella

Coachella (Coachella/WGSN)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s