Harry se recusou a pensar na morte de Lady Di durante 20 anos

Em entrevista ao The Telegraph, o herdeiro contou que "desligou" todas suas emoções.

Quase vinte anos após a morte da Princesa Diana em um acidente de carro em Paris, o Príncipe Harry falou sobre a tragédia pela primeira vez. Em entrevista concedida ao The Telegraph, o herdeiro, hoje com 32 anos, contou que só começou a lidar com a perda recentemente, aos 28 anos, após um período de “caos”.

Harry conta que “estava prestes a agredir alguém” e que enfrentou muita ansiedade durante compromissos reais. “Perder minha mãe aos 12 anos e desligar minhas emoções pelos últimos 20 anos provocou um efeito sério tanto na vida pessoal quanto profissional”, desabafa.

Leia mais: Filha de pai branco e mãe negra, Meghan Markle fala sobre racismo

O herdeiro revelou que evitou pensar na morte de Lady Di. “Minha forma de lidar foi enfiar a cabeça na areia e me recusar a pensar nela. Achei que apenas me deixaria mais triste, e não a traria de volta. Então do lado emocional, eu era como ‘ok, nunca deixe suas emoções influenciarem em nada'”, contou.

Depois de ignorar a tragédia por tantos anos, o ruivo percebeu que, em algum momento, precisaria trabalhar seus sentimentos. “Toda a tristeza que eu nunca tinha processado começou a aparecer e eu percebi que tinha realmente um monte de coisas com as quais eu tinha que lidar”.

Após William insistir, durante muito tempo, que o irmão procurasse ajuda profissional para lidar com a morte da mãe, Harry decidiu começar a fazer terapia. “Meu irmão foi um apoio gigantesco para mim“, afirmou. E não parou por aí: o quinto na linha de sucessão ao trono britânico também encontrou no boxe uma atividade para acalmar os ânimos.

Leia mais: Rihanna e Príncipe Harry fazem teste de HIV juntos

Atualmente, o herdeiro diz estar muito bem. Na companhia de William e Kate Middleton, Harry fundou o Heads Together, projeto de conscientização da importância da sanidade mental. “Hoje eu coloco sangue, suor e lágrimas em coisas que farão a diferença para outras pessoas”, finaliza.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s